Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Construa sua Carreira em Portugal

Apoio à integração profissional de expatriados em Portugal

Estudar em Portugal. Uma experiência única.

17.11.20

A 17 de Dezembro de 1939 um grupo de estudantes da antiga Checoslováquia lutaram heroicamente contra tropas nazis que haviam invadido a sede da Federação Central de Estudantes Checoslovacos matando dirigentes e levando centenas para campos de concentração. Por este motivo, e desde esse fatídico dia, comemora-se nesta data o Dia Internacional dos Estudantes, mas não é por isto que lhe escrevo este post, a si que talvez esteja a pensar em estudar em Portugal. O meu motivo é outro, é mostrar-lhe por que motivo Portugal pode ser um país fantástico para vir estudar ou terminar os seus estudos superiores.

E se Portugal entrar em crise?

16.11.20

Agora que a segunda vaga da pandemia atingiu em força Portugal e nos começamos a questionar como vamos sobreviver economicamente a este contexto, sei que a insegurança e as dúvidas que o estrangeiro sente são muitas e por esse motivo resolvi dar-lhe algumas dicas para se manter firme neste sonho de morar no nosso país.

 

Planeie hoje para semear amanhã.

Planear é o segredo de uma boa estratégia e na verdade é o segredo de quase todo o nosso sucesso, seja ele pessoal ou profissional, ainda que a maioria dos profissionais que eu acompanho tenham alguma relutância em acreditar.

No caso de um estrangeiro, planear significa por exemplo trazer uma poupança em dinheiro que lhe permite aguentar o embate de um mercado de trabalho pouco dinâmico e conversador e que não lhe vai proporcionar muitas oportunidades de trabalho, significa também ser capaz de antever todos os gastos com burocracia e estar preparado para fazer mudanças estruturais no seu estilo de vida e abordagem à realidade portuguesa. Dos profissionais estrangeiros que tenho acompanhado e que têm planeado com detalhe a sua vinda quase ninguém vem com menos de 50 mil reais. Pelas minhas contas e do conhecimento que tenho de Portugal não é excessivo, garanto-lhe.

O que deve saber sobre o seu grau académico

09.09.20

Uma das perguntas que o profissional estrangeiro mais me coloca é se deve fazer o processo de equivalência do seu grau académico junto de uma universidade portuguesa. Sendo reconhecidamente um processo burocrático e oneroso em termos financeiros, julgo ser crucial abordar este tema, mas trazendo para a discussão dois outros temas que na minha opinião e experiência estão interligados: A conversão da sua classificação final para a lógica de classificação académica portuguesa e a agregação a uma ordem profissional.

Uma das dicas que mais reforço junto de profissionais estrangeiros é a da necessidade de demonstrarem o seu aporte técnico e pessoal através da valorização indireta das organizações onde trabalharam e onde estudaram. Esta valorização pode ser feita subtilmente em entrevista de emprego, mas é sobretudo um truque usado ao nível do curriculum vitae em que o profissional através da valorização do seu empregador ou da universidade está a criar o contexto de valorização para a sua carreira também.